Meu Sebrae

0800 570 0800

Casos de Sucesso

Empreender para mudar

Com apoio do SEBRAE/RS, engenheira química de Porto Alegre larga a profissão para investir em um negócio que une paixão pessoal e oportunidade de mercado

Da Redação

Brinquedos educativos e sustentáveis da Vira Lua (Foto: Divulgação)

Porto Alegre – Abrir uma empresa pode ser uma iniciativa movida em função do sonho de empreender ou como alternativa de renda diante da crise econômica. Seja qual for a situação, planejar e buscar apoio é fundamental. É o caso da empresária Adriana Wassermann, que deixou a profissão de engenheira química para abrir o próprio negócio, e encontrou no SEBRAE/RS o suporte para dar o pontapé inicial e crescer diante dos novos desafios.

Conforme observa a assistente técnica da Regional Metropolitana do SEBRAE/RS Elizangela Zanetti Pereira essas duas situações são muito presentes no relato de quem formaliza uma empresa. “Há o caso de quem ficou sem emprego, mas também tem muitos exemplos de quem quer apenas diversificar os negócios, fazendo algo que traga mais satisfação pessoal”, explica.

Um exemplo é o da engenheira química Adriana Wassermann. Ela procurou o SEBRAE/RS para impulsionar o negócio que havia registrado como Microempreendedor Individual, a loja virtual de brinquedos educativos Vira Lua. “A Adriana é muito organizada e tem objetivos definidos, precisava apenas de orientação para adequar o canal de vendas”, relembra a técnica.

O histórico profissional de Adriana está na bem-sucedida carreira de engenheira química, profissão que lhe rendeu o mestrado na área de reciclagem de plásticos e uma especialização em liderança estratégica de negócios e pessoas. “Eu fui criada no meio de brinquedos educativos, feitos de madeira, essa sempre foi uma grande paixão para mim”, conta a empreendedora. O processo de mudança veio com a gravidez. A possibilidade de passar mais tempo com o filho, hoje com três anos, e fazer o que tinha vontade, foram duas razões para pedir demissão. “No exterior há muitas lojas assim, mas aqui é difícil encontrar estabelecimentos especializados”, ressalta Adriana, identificando a oportunidade de negócio.

Em dezembro de 2015, o projeto já estava no ar, mas o retorno ainda não era como esperado. Foi então que Adriana recebeu orientação do SEBRAE/RS. “Eu participo de feiras e eventos para este segmento, e as vendas sempre são muito boas, e todo mundo me perguntava onde ficava a loja física”, relembra Adriana, que resolveu investir em um ponto fixo na Capital.

Após pesquisa de locais e fornecedores, a Vira Lua será inaugurada no início de setembro, na Galeria Central Park, loja 119 (Avenida Mostardeiro, número 333, em Porto Alegre). O projeto é grandioso, e a empresária está confiante no investimento. “Tenho apoio pedagógico da minha irmã, que é psicóloga, então todos os produtos seguem a proposta de estimular o aprendizado”, conta. Além da venda de brinquedos, a loja terá uma brinquedoteca, para que as crianças experimentem os itens disponíveis; cantinho da leitura com obras educativas de autores gaúchos; e um futuro espaço para venda de outros produtos infantis, como roupas e calçados.

“Estou completamente feliz e realizada com a mudança, e agradeço sempre ao apoio que tive do SEBRAE/RS nessa jornada”, comemora. A loja continuará com o endereço online, que passará por algumas mudanças em função da loja física. O endereço é www.viralua.com.br

Confira outros Casos de Sucesso...

 

 

Copyright SEBRAE 2012

SIGA O SEBRAE NAS REDES SOCIAIS:

twitter youtube  facebook  youtube  youtube  flikr